Postagens

Momentos que foram meus

 Estava há pouco me lembrando de quantos momentos felizes já passei nessa cidade que carinhosamente chamo de Gyn City. Em algumas vezes tenho vontade de me retirar do meu lar-Gyn, mas é aqui que eu amo (também). Gosto muito da Bahia, até me perguntam se sou baiana, pode? Mesmo eu falando "baum demais", "ô Goiás", "nossinhora", "uai", "trem baum". Rsrs.
 Minha amiga, Nine já viveu muitos desses momentos comigo, como te agradeço amiga. Noemi, irmãzona e Sarinha, primona viveram muitos desses conosco e como eram só sorrisos! Como temos histórias, né meninas? São momentos que se foram e deixaram grandes saudades e recordações. Lembro de quando eu, Nine e Nô conhecemos o Cleiton - que situação! Como temos frases para lembrar. Lembro dos momentos no Usina, nos barzinhos, no nosso "quintal", no Caldos, na Casa Roxa (ui ui, ai ai), das histórias sobre os vizinhos.. kkkkk Era tudo tão puro e inocente que éramos felizes com a simplicidade desses fatos.
 Sei que fui feliz ao lado de vocês e sou eternamente grata de termos essa irmandade.
 Minha Tita também já compartilhou tantos momentos comigo, tem papel importante em uma fase complexa da minha vida, me deu apoio e enxugou minhas lágrimas muitas vezes e quando tudo parecia sem solução ela me dizia: "Você vai superar!". Esteve comigo em tantos momentos felizes! Ela sabe o quanto a ama e sou grata.
E Zuzu, quem me aconselhou em diversas situações, uma irmã em atitude. Sabe do tamanho apreço e amo que tenho por ela e pelo Doidinho de Curitiba (hahaha).

Esses dias estava me lembrando de meus dias no Cefet-ão. Gente, que saudade daquela galera, do ambiente, daquelas árvores centenárias. Amo muito aquela instituição e lá aprendi lições para a vida toda. Lá descobri muitas coisas e infelizmente não achei respostas para todas minhas perguntas. Então voei...

Tenho passado mais tempo comigo e com minha mente, dias que me fazem refletir e analisar melhor o que devo fazer e como agir. Estou escolhendo quem merece meu carinho, apreço, olhar, sorriso, admiração e amor... tenho me afastado ou aproximado de algumas pessoas devido a essas conclusões.

Pessoas entram e saem o tempo todo de nossas vidas, mas existem aquelas que mesmo longe sempre estarão presentes. Semana passada tive uma notícia triste, uma colega de faculdade sofreu um acidente de moto e estava em coma induzido, todos nós estamos rezando e torcendo por sua melhora. Uma mulher linda, cheia de vida e alegria. Ontém fomos informados que ela ficará tetraplégica. Estamos aguardando melhoras no quadro clínico dela.

A vida nos mostra sempre que nunca sabemos o nosso amanhã e devemos viver o presente. Não há nada no mundo que pague nossos momentos de alegria com a família, com os amigos e com quem você ama. O sentido da vida está nesses pequenos gestos de amor. É aí que você se sente útil no mundo. É pra isso que vivo.

0 comentários:

Agradeço sua visita. Deixe seu comentário, crítica ou sugestão logo abaixo.