Postagens

Retrô vitalícia

A cada dia uma força brota dentro de um sentimento que ela não sabe o que é ainda. Apenas sabe e sente que neste ano de 2010 algo de muito grandioso vai acontecer, é algo bom o que ela sente. E quando se sente, não se engana, pôde ver isto em julho.
O sorriso das pessoas que estão ao teu lado é a força para levantar a cabeça e seguir em frente.
Do seu sorriso se alimentam muitas almas, então é preciso mantê-lo saudável.
A vida lhe trouxe muitas lições no ano que se foi. Muito aprendizado. Ela sempre diz: " Eu vivo, me arrisco, sofro, aprendo e sou feliz. Feliz e com um amor no coração. Este amor que é o mais importante, o amor-próprio!".
Eu a admiro, sabia?
Uma mulher de garra, erra como todas as outras, mas sabe o porquê e não comete os mesmos erros. Eu, como um bom homem, sei reconhecer boas mulheres e esta não desiste diante dos obstáculos. Merece ser feliz. Encontrar um grande amor, se é que existe. Já nem sabe se ainda acredita em amor... perdeu todos que achava que era amor. Se cansou de falsas promessas e falsos sentimentos, emoções e de não poder ser quem é. Se encontra tão sem esperança que acredita ter nascido para a solidão. "Sou a rainha da noite, companheira da solidão, ela me alimenta e me traz pra dentro de um mundo só meu", assim ela diz.
Como uma flor, todos os dias é regada por si própria com suas crenças e a natureza que a cerca.
Nunca perde a esperança de ver seus sonhos se realizarem. Todos eles!! Ela aprendeu o mais importante: ter paciência. Aos poucos aperfeiçoa isso. Aos poucos entende o porquê das coisas e da vida, assim como o amor.
A vida é feita de certezas e incertezas, purezas e impurezas e somente o tempo pode responder a todos os questionamentos que a vida nos apresenta. Eu e ela cremos no tempo.
Confesso que sou um eterno apaixonado por teu cheiro, teu carisma, tua força e persistência. Embora saiba que nosso amor nunca, jamais poderá ser vivido em dose dupla. Ela se foi e eu fiquei como um marco em sua vida, porém isso já me basta, vivemos, nos amamos muito. Infelizmente, fizemos planos que não se concretizaram.
O importante é tê-la conhecido. E sei que ela sente o mesmo em relação a mim e ao que planejamos. A vida segue sempre e eu vou seguir a minha agora, depois de dizer a ela tudo o que sinto em relação ao passado, volto ao mundo do qual eu fugia.

0 comentários:

Agradeço sua visita. Deixe seu comentário, crítica ou sugestão logo abaixo.