Postagens

Ação e Paixão

Há alguns anos, digo de passavam aproximadamente uns 20 anos, conheci uma pessoa que de início me chamou muito a atenção.

Senti-me no centro do palco com aquele canhão de luz apontando pra mim com luzes vermelhas e a apontar para meu companheiro de palco com uma luz azul, a luz voltara para minha vida.

Ele era um rapaz de características e comportamento diferentes comigo, era um ser que eu jamais esperei ter conhecido. Me tratava diferente de todos que eu havia conhecido, era cavalheiro comigo, me compreendia e chegava a entender muitas vezes, me aconselhava e dizia constantemente para ter paciência.
Nosso maior desejo era poder desfrutar de tudo que nos esperava.
Nunca chegamos a desfrutar...
Apenas palavras, olhares, bilhetes e desejos reprimidos pareciam nos contentar e esperávamos com paciência pelo tão sonhado dia de desfrute.

Meu desejo era de tocar logo todo meu presente e não sei porque não toquei, acho que eu estava tendo paciência demais porque era paciência que ele me pedia e eu tentava atender. Nunca tive muita paciência para tudo em minha vida, porém quando ele se fez presente, em mim brotavam fontes e fontes de paciência. Eu estava encantada por ele, podia dizer que apaixonada, um amor platônico porque eu não conseguia tocá-lo, talvez eu fosse incapaz para este ramo da vida. Queríamos muito nos permitir.
Entretanto nem sempre temos o que queremos e nem sempre queremos o que pensamos querer. E não tivemos o fim que queríamos, com o tempo nos afastamos e perdemos o contato, mas não considero isto como fim.
Como diz um amigo, tudo tem seu início e às vezes é preferível que não tenha fim, e é assim que eu prefiro pensar, o fim nunca houve e nunca haverá. Sei que sinto saudades dos anos que se foram.

Um comentário:

  1. Maninha querida, gostei muito do teu post, fiquei a pensar, como existem certas pessoas e momentos q deveriamos aproveitar mais e mais, se apenas nos desligassemos da vergonha e do medo de sermos "felizes" tudo seria mais simples, mas o que seria da vida sem suas complexidades..E termino sem fim esse comentário, pois tudo continua existindo mesmo naum sendo real! Bjoooss...

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita. Deixe seu comentário, crítica ou sugestão logo abaixo.