Postagens

Ser, estar, É...


É.


É sim. Digo que é.

O fim da lua cheia chegou [chua...] e o fim do [meu] crespúsculo também chegou mais cedo do que eu havia imaginado, sem falar nas minhas férias [as tive?] que já estão no fim.

Tenho me descoberto mais covarde do que o necessário, sim! Porque um pouco de covardia faz bem em alguns momentos, entretanto estou mais covarde do que necessito. Tenho fugido imensas vezes de mim e dos demônios que me acompanham, além de fugir do amor e. Mas me encontrei nas outras áreas de minha vida, ainda bem.


É. Então que neste ano que se inicia eu posso ser menos covarde e ir em busca das pessoas que amo e tanto quero ao meu lado e que eu largue de ser "trouxa".


E caminhando eu sigo meu longo caminho por estas ruas estreitas com suas pedras e clima tropical.

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita. Deixe seu comentário, crítica ou sugestão logo abaixo.