Postagens

Céu nublado...

Buuuuuuuuuuuuuuuh!
Aaaaaargh!

Em plena tarde nublada ele corre de maneira frenética atrás do que ele até então achara ter perdido. E desesperadamente ele se esconde debaixo de uma ponte de madeira e começa a pensar e repensar seus atos, suas ideologias e o que ele realmente quer.
Sua garota vai estar sempre com ele, seja em qualquer lugar, o que ela não admite são as muralhas de proteção contruídas de mentiras e falsidades, ela não suporta se sentir e ser "usada".
O que a garota realmente queria era um pouco de atenção, companhia, felicidade e acima de tudo amor! (se é que este existe.)
Então ele pega sua garrafa com água e sai correndo sob os pingos da chuva, sentia sua alma ser lavada e todas impurezas serem levadas pela chuva, como se ele fosse parte integrante do solo.
Ele estava confuso demais para retornar as ligações infindáveis da garota, precisava decidir que rumo seguir em sua vida, com quem ficar e quem amar, porque na realidade amor é você que determina a quem dar.
E a garota ficava no degrau mais alta de seu abismo à espera de uma decisão, ela não tinha pressa e lá permanecia.
Eu, como narrador desta história (que se assemelha mais com uma aventura) me sinto emocionado com a vida destes dois jovenzinhos. Na realidade ambos já eram praticamente adultos, ela mais jovem e ele dois anos mais velho em idade óssea, porém ela parecia mais velha e talvez por isso eles davam certo. Ele gostava de garotas mais "velhas" e maduras que ele pois isto lhe dava segurança e ela estava acostumada a 'tomar as rédeas' mas não em casos como estes, era um desafio!
Ela estava feliz entretanto insegura com ele e com os atos que ele cometia que causavam medo nela e a impedia de tomar decisões mais 'firmes'.
Ele parecia feliz também, as vezes demonstrava isso mais que ela, mas de repente ele começava a fazer umas coisas estranhas, como não retornar seus telefonemas e fingir estar solteiro para outras garotas, parecia não se preocupar e não dar a atenção devida à ela que estava acostumada com isso (e bem mal acostumada) ele parecia não ligar. (Deve ser coisa da idade, ele é bem novinho.)
Ambos estão apaixonados, já admitiram isto entre eles, porém me parece que não querem aceitar ou admitir por completo e ficam neste martírio.

0 comentários:

Agradeço sua visita. Deixe seu comentário, crítica ou sugestão logo abaixo.